“•Já pensou como a origem da alheira pode ser surpreendente?•

Cada vez mais nos questionamos sobre a origem dos alimentos. Vamos, então, voltar atrás no tempo, até ao século XV (há muitos, muitos anos), para descobrir como surgiu este enchido tão típico e nada consensual. 🔙🔙 (Um pouco de História fica sempre bem!).
À época, em Portugal, viviam-se tempos conturbados para todos os que não seguiam a Igreja Católica. 0Estes eram perseguidos e mortos em praça pública pela Inquisição. É nesta altura que a “necessidade se alia ao engenho” 💡 e os judeus que viviam em Trás-os-Montes, para passarem despercebidos, têm a ideia genial de produzir um enchido feito com carne de aves, alho (componente que deu origem ao nome) e pão, que em tudo se assemelhava aos enchidos de carne de porco que não podiam fazer nem comer, por questões religiosas. Dessa forma, a Inquisição era ludibriada julgando que aquelas pessoas que comiam o que parecia ser um enchido igual aos outros jamais seriam judeus. Genial, não? 😊
Com o passar do tempo, a carne de porco acabou por ser introduzida na receita original, o que nos permite, hoje em dia, ter um vasto número de opções, desde a alheira de aves até à alheira vegetariana 🌱, passando, até, pela alheira doce (isso mesmo, leu bem! 😁).
A mais famosa das alheiras é a oriunda de Mirandela precisamente na região de Trás-os-Montes, considerada a de melhor qualidade, tendo sido nomeada uma das 7 maravilhas da Gastronomia de Portugal. Vale a pena a viagem até lá, até porque é uma região riquíssima a vários níveis. Vontade repentina de pegar no carro já no próximo fim-de-semana?? 🚗 😏 #lovetotravel
 Quem diria que um enchido podia ter um papel tão importante na História, ãhh? 🤔
*Pode degustar a versão com carne de aves no nosso Bagel do Mês de Março!
#LifeisBetterWithRaffisBagels