“ O Bagel de Verão “

“ Os ciclos de vida dos ingredientes que temos ao nosso dispor na alimentação diária devem ser respeitados. Isto porque a qualidade desses mesmos ingredientes depende muito da exposição solar, da temperatura, da humidade dos solos, da existência de água, etc.
O ponto de partida de uma gastronomia equilibrada e rica deve partir sempre dos produtos para as receitas que iremos desenvolver e não o contrário.
Acredito que a escolha dos ingredientes da época e muito particularmente de cada mês, permite-nos retirar o maior beneficio e qualidade de cada ingrediente e consequentemente de cada receita. Por outro lado, a sensação de comer cerejas em Junho e castanhas em Novembro traz ao nosso imaginário uma ligação clara entre o que estamos a comer e tudo aquilo que nos rodeia em determinada altura do ano.
Além disso vamos chegar à conclusão que tudo isso contribui de forma muito positiva para a preservação do ambiente e das espécies que nos rodeiam. Estamos no fundo ajudar a prolongar aquilo que tanto gostamos.
Para o Bagel de Verão tive esta lógica presente e como inspiração tive obrigatoriamente por base um dia de verão cheio de sol e calor.
A utilização do Pepino e do Pêssego amarelo acompanhados pela folha de Hortelã cortada com o sabor do limão foram pois os ingredientes escolhidos. Depois foi só juntar Salmão Fresco, queijo creme e um vinagrete de citrinos. O resultado final foi um Bagel com uma textura e sabores suaves , cheios de frescura e cores vivas.
Enjoy it.
Luis Saraiva
(Autor do livro receitas mês a mês)
#receitasmesames